sexta-feira, 8 de abril de 2011



EU poderia ser vegetariana, poderia ser cantora, pintora, bailarina, artesã, bióloga. Poderia ser espanhola, francesa ou cubana. Ser loira, negra, ruiva ou índia. Quem sabe religiosa; hinduísta, mulçumana, cristã evangélica com bíblia debaixo do braço, não poderia? Marxista, junguiana, freudiana, nietzscheniana. Gostar de filme russo, falar polonês, morar na Islândia. Odiar o mar, o interior, a capital. Não saber ler, não enxergar, não ouvir, não falar. Poderia com muito gosto saber desenhar, ser mais alta, e não engordar com tanta facilidade. Poderia ser mais concentrada, não trocar (quando escrevo) o G pelo Q e ser feliz de manhã cedinho. Poderia não ter insônia. Poderia ser rica, ou missionária, não ter medo da morte nem de galinhas (pavor). Poderia ser mãe de uma menina, adivinhar o futuro, saber tocar um instrumento... Quem sabe...?
Poderia. (?)

crédito da imagem: Google imagens

4 comentários:

K.K.O.Lima disse...

Poderia ser qualquer coisa sim, mas isso não de deixaria de escanteio? O que se é é o que é.

Délia disse...

Somos de tudo um pouco.

Bob disse...

Poderia até mudar de sexo!

Délia disse...

Claro!