segunda-feira, 28 de novembro de 2011





Sem que me fale
sei que choras
há naquelas
dores
horas e horas
de mim também

Compreendo
vou além
sinto

Pequenas coisas
recheiam essa
caixa que nunca
estará vazia

Cheia de nós

De todos

De manhãs
tardes e noites
madrugadas
com sóis
e sós

No filme percebi
não sou eu
ou você
somos
cada um

Peregrinos
desafiando-se
à viver





Imagem do filme "My own love song"


2 comentários:

Andréa Pinho disse...

Que lindo amiga,todos somos peregrinos desafiando-se a viver.

Thiago Panda disse...

A vida como desafio um eterno aventurar-se!
E a poesia, sempre ela recheando os corações!
\o/